Brasil tem MAIS DE 1 MILHÃO E 500 MIL PESSOAS RECUPERADAS do novo Coronavírus

Parte do jornalismo brasileiro prefere causar pânico e manter o foco apenas nos números de óbitos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
 - Publicado em 24/07/2020 às 
06:35
Leito de hospital vazio
Leito de hospital vazio

O ano de 2020 é completamente atípico, todos os países foram atingidos por uma pandemia avassaladora causada pela Covid-19. Assim essa catástrofe causou e está causando uma grande destruição na vida da população, em que milhares acometidos pelo vírus infelizmente vieram a óbito.

No âmbito do Brasil, essa catástrofe provocou uma crise muito grande no sistema público de saúde em que a população brasileira ficou e ainda está assustada com medo dessa doença. Além do mais, a imprensa possivelmente contribuiu e está cooperando no aumento desse medo, pois percebe-se que a mesma está abordando esse contexto pandêmico enfatizando, na maioria das vezes, a exploração de apenas acontecimentos negativos relacionados com a doença, como por exemplo, o quantitativo de casos confirmados e óbitos.

Nesse contexto, nota-se que o número de casos recuperados é extremamente relevante para ser enfatizado e divulgado. Pois, esse fato positivo significa um sinal de esperança de que esse vírus está sendo vencido e que essa fase ruim vai passar. Assim, é muito importante mencionar que na última quarta-feira (22), o Brasil ultrapassou a marca de MAIS DE 1 MILHÃO E 500 MIL PESSOAS RECUPERADAS do novo Coronavírus.

Ademais, é importante informar que o Governo Federal realizou investimento e está investindo em repasse de dinheiro para Estados e Municípios com o intuito de custear essas esferas executivas no desenvolvimento de ações para combater a pandemia. Pois, a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde comunicou que:

“O Ministério da Saúde já enviou mais de R$ 62 bilhões a estados e municípios para o financiamento das ações e serviços públicos de saúde, sendo R$ 14,9 bilhões voltados exclusivamente para combate ao Coronavírus”.

Além do mais, a referida assessoria informou outas ações realizadas pelo Governo Federal no enfrentamento da pandemia, comunicando que:

“Também já foram comprados e distribuídos mais de 15,5 milhões de unidades de medicamentos para auxiliar no tratamento do coronavírus, 183,4 milhões de EPIS, mais de 12,5 milhões de testes de diagnóstico para Covid-19 e 79,9 milhões de doses da vacina contra a gripe”.

Além disso, em coletiva de imprensa, no dia 27 de junho, o Governo Federal anunciou acordo com a farmacêutica britânica AstraZeneca e com a Universidade de Oxford, no Reino Unido, para a produção da vacina contra o novo Coronavírus. E o valor do investimento desse acordo representa cerca de R$ 695 milhões de reais.

Diante das ações mencionadas, nota-se que Governo Federal estar contribuindo para combater a pandemia e mesmo quem possui outra ideologia política diferente da gestão atual não pode negar que as mesmas foram efetuadas. Pois, em face dos FEITOS EFETIVADOS torna-se SEM SENTIDO dizer que o Governo não adotou medidas para combater a pandemia.

Tags: 
VEJA TAMBÉM:
Política Nacional
Operação Topique: possível presença de três incoerências em nota do PT
Economia
PIB do Brasil pode crescer 5,42% a mais com Reforma Tributária, confira
Política Nacional
URGENTE: Jair Bolsonaro entra com uma ADIN contra o STF e a favor da liberdade de expressão
Opinião
Liberdade de expressão está sob ameaça, entenda o motivo
error: Conteúdo protegido!