Mercado financeiro reage positivamente após anúncio de Paulo Guedes

Duas falas recentes do Ministro agradaram o mercado financeiro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
 - Publicado em 17/07/2020 às 
15:37
Ministro Paulo Guedes | Reprodução de imagem: Twitter do Lauro Jardim
Ministro Paulo Guedes | Reprodução de imagem: Twitter do Lauro Jardim

Ótima notícia para os investidores, mercado financeiro brasileiro reagiu de forma favoravelmente bem aos recentes anúncios feitos pelo Ministro da Economia Paulo Guedes. O Ministro anunciou que na próxima terça-feira (21) o governo irá enviar para a Câmara dos Deputados a proposta da reforma tributária.

Segundo ele, esse primeiro pacote de reformas tributárias não inclui a criação de um novo imposto sob operações financeiras, esse quesito poderá ficar para uma proposta futura, e com isso a reforma atual pode caminhar na câmara com menos travamentos.

Uma outra fala do Ministro que também agradou o mercado foi quando ele respondeu a imprensa sobre deixar o Governo Bolsonaro dizendo que: “Eu só saio abatido à bala”.

Guedes é visto por muitos investidores e empresários como uma espécie de “guru” das finanças e sua permanência no Governo Bolsonaro é tida como um ponto chave para equilíbrio das contas e focada nas reformas que colocaram o Brasil nos trilhos certos.

A retomada das reformas do governo e a fala de Paulo Guedes agradaram tanto o mercado que o Ibovespa fechou a sexta-feira batendo os 102,5 mil pontos com alta de 2%.

Em entrevista ao programa Os Pingo Nos Is da Jovem Pan , o Ministro explicou que o Governo também pretende retomar os planos de privatizações e que o Brasil irá surpreender o mundo.

Gastos exorbitantes na pandemia

Na mesma entrevista à Jovem Pan, quanto questionado sobre de onde vem todo o dinheiro que está sendo gasto nesta pandemia, o Ministro foi sincero e explicou que parte dos gastos são de endividamento público. Mas, apesar disso, o mercado financeiro entende que isso não é algo exclusivo do Brasil, países no mundo inteiro tiveram crescimento do déficit nas contas públicas pois é um momento emergencial, e não por medidas desnecessárias.

Guedes também lembrou que vendeu parte da reserva de dólares do Brasil e que com isso resultou em pouco mais de R$ 500 bilhões de injeção de dinheiro nos cofres públicos, numa verdadeira tacada de mestre.

Tags: 
VEJA TAMBÉM:
Política Nacional
Operação Topique: possível presença de três incoerências em nota do PT
Economia
PIB do Brasil pode crescer 5,42% a mais com Reforma Tributária, confira
Política Nacional
URGENTE: Jair Bolsonaro entra com uma ADIN contra o STF e a favor da liberdade de expressão
Opinião
Liberdade de expressão está sob ameaça, entenda o motivo
error: Conteúdo protegido!